6.1.12

a arte do encontro...

Vamos contar uma historinha:

Era uma vez... Um dia a Luisa Neiva entrou em contato com a gente dizendo que queria praticar encadernação manual. Ela havia morando em Buenos Aires e lá tinha tido a oportunidade de aprender este ofício. Então a Luisa passou a ser amiga das papeleiras. Mais que amiga, ela participou de alguns mutirões nos ajudando a produzir as coisas fofas que fazemos. Quanto mais mãos, mais lindo e criativo fica tudo, além de conseguirmos produzir mais, claro! ;) A papeleira Tereza queria muito conhecer Buenos Aires e nas próximas férias que ela teve, se planejou para passar 20 dias por lá. Conversou com a Luisa que passou várias diquinhas, entre elas, o curso que ela havia feito na Papelera Palermo. A papeleira Tereza foi a Buenos Aires em uma férias inesquecível! Ela escreveu aqui sobre alguns momentos argentinos: seu diário de viagem, que não podia faltar, claro! a papelera palermo e todas suas lindezas, algumas diquinhas da cidade, a Maria que conheceu fazendo suminagashi e o curso de encadernação básica que fez com o Claudio de Natale. Uma viagem e tanto mesmo! :D


E foi assim, nessas férias bem aproveitadas que a papeleira Tereza conheceu o Claudio que foi o mesmo professor de encadernação manual da Luisa. E essa parceria nasceu assim. A Luisa já queria trazer o Claudio ao Brasil, mas nunca tinha havido uma oportunidade bacana. Assim, as papeleiras se animaram e realizou esse reencontro. Claudio nunca havia vindo ao Brasil e ficou muito contente com o convite! Topou a loucura e veio! As papeleiras organizaram tudo e convidaram a Luisa para ser a assistente e intérprete do Claudio. Divulgamos, inicialmente, três turmas. Mas depois que ele chegou, o sucesso foi tanto que tivemos que abrir uma turma extra.  O resultado vocês podem ver nos posts anteriores: 4 turmas lindas, empolgadas, felizes e muito dedicadas a encadernação. Foi uma semana e tanto de papelação, muitos cadernos e álbuns nascendo de encontros verdadeiros, com muito amor ao papel... 


Os participantes das oficinas fizeram esses encontros serem possíveis e deixaram nosso papeliê mais vivo e alegre! Foi maravilhoso realizar as oficinas em nosso papeliê e trazer alguém tão competente e humano para ensinar essa arte maravilhosa que é encadernar!... Obrigada a todos que acreditaram, confiaram e participaram: nosso muito obrigada!


Queremos agradecer muito ao Claudio De Natale pela sua vinda e todas as oficinas ministradas. Agradecer a Luisa por ter lançado a ideia e topado o desafio de ser assistente e intérprete! Vocês dois foram ótimos parceiros e agradecemos muito pela entrega! [mesmo com esta foto de você tampando as papeleiras  na parede laranja, Claudio, gostamos de vc... rs...]

Esta é uma história de encontros. Encontros de pessoas que tem algo em comum: amor ao papel... E temos certeza que essa história não termina aqui. Encontros assim é o que as papeleiras acreditam e esperamos que sempre esses encontros aconteçam! Contem conosco sempre!

Tereza e Vanessa  ♥ as papeleiras

4 comentários:

  1. Oi,vim conhecer seu Blog,amei e já estou super seguindo,parabêns por seu cantinho lindo e muito sucesso aqui!

    Te convido para conhecer meu Blog e se gostar e puder seguir também,será muito bem vinda,sinta-se em casa!

    Ah,tem sorteio rolando por lá,participa? :)

    Beijinhos no core

    http://umamulherbemvestida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. É mesmo uma história de muito amor! Foram dias de muito amor e deixam saudades! Saudade tanta que, a idéia de repetir a dose vai virar realidade assim que surgir a oportunidade de novo =D

    Eu é que agradeço demais por tudo... fazer parte desse amor ao papel... e das papeleiras... desde o primeiro dia, no meu encontro com a Su =D

    ResponderExcluir
  3. E foi por causa dessas oficinas, que encontrei as papeleiras Tereza e Vanessa almoçando com o Claudio e "uma moça que eu não conhecia" em um self-service... E tive a alegria de saber que "a moça que eu não conhecia" era a querida Luisa... que é filha de um casal amigo que eu amo muito, e que conheci (a Luisa) quando tinha 4 ou 5 aninhos.
    Foi uma felicidade reencontrá-la.
    O amor ao papel nos traz surpresas incríveis!!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Maria, seu blog é bem bacana sim! Gostamos. Super importante para as mulheres!!! ;)

    Luisa, uma linda história de amor...! Muito obrigada!!! ;)

    e... Pat! a vida é assim, cheia desses encontros misturados, gostosos e especiais!

    beijos a todos!

    ResponderExcluir